AGORA É LEI: PODER EXECUTIVO PODE CONCEDER ISENÇÃO DA TARIFA DE TRANSPORTES INTERMUNICIPAIS AOS SERVIDORES DA SAÚDE