Conheça meu perfil e toda minha trajetória

Sobre o Deputado


O Deputado Samuel Malafaia é Engenheiro Mecânico formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-graduado em Políticas Públicas pela Escola de Políticas Públicas e de Governo – EPPG.

Em seu terceiro mandato como deputado Estadual do Rio de Janeiro, Samuel Malafaia teve 140.148 votos. Em 2010, sendo o terceiro mais bem votado dentre os 70 parlamentares foi eleito com 134.515 votos. Em 2002, Samuel Malafaia, foi eleito com 60 mil votos, ficando entre os 10 mais votados.

Em sua atuação política, Samuel Malafaia visa dar condições de cidadania às camadas mais pobres da população, com ênfase na educação, saúde, saneamento e terceira idade.

Em sua atuação política, Samuel Malafaia visa dar condições de cidadania às camadas mais pobres da população, com ênfase na educação, saúde, saneamento e terceira idade.

Na Alerj, foi contra a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos por considerar que a companhia tem uma importante missão pública no fornecimento da água de boa qualidade – que é vida – e na disposição adequada do esgotamento sanitário, outro fator de promoção da saúde.

Malafaia quer se constituir como uma voz firme no controle das instituições do Governo, principalmente das Agências Reguladoras que têm permitido preços exorbitantes para as concessionárias em geral e baixa qualidade dos serviços para o consumidor. Outra meta importante é propiciar mais condições às empresas para desenvolverem suas atividades produtivas com competitividade.

No âmbito governamental, foi diretor do Prosanear/RJ (Banco Mundial) e Vida Nova com Saúde, programas de saneamento básico (abastecimento de água e rede de esgoto) para as populações carentes e de baixa renda do Rio de Janeiro. Foi ainda assessor da presidência da CEDAE, sendo responsável pela interlocução entre a empresa e o Tribunal de Contas do Estado.

Autor de dezenas de Leis, Malafaia atuou em prol do combate à dependência química, da Saúde, da educação pública, das mães, dos idosos, militares, meio ambiente, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, entre outros.

Destacam-se entre suas leis: Lei nº 7.487/16: Cria o Programa Empresa Amiga da Escola, objetivando estimular as pessoas jurídicas a contribuírem para a melhoria da qualidade do ensino na rede pública estadual; Lei nº 7.463/16: Regulamenta os procedimentos para armazenamento de águas pluviais e águas cinzas para reaproveitamento; Lei nº 7385/16: Determina que haja ambulância em operações policiais em possíveis confrontos armados. Objetivando agilidade no atendimento às possíveis vítimas, militares ou civis, desses confrontos; Lei nº 7329/16: Institui a Lei de Diretrizes para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida; Lei nº 7013/15: Torna obrigatória a divulgação do serviço Viva Voz 132, para orientação sobre dependência química; Lei nº 6883/14: Autoriza o poder público a implantar o serviço de SMS para o Corpo de Bombeiro e Polícia Militar, visando atender pessoas com deficiência auditiva ou impossibilitados de se comunicar por meio da fala; Lei nº 6792/14: Declara a ORAÇÃO como Patrimônio Imaterial; Lei nº 6635/13: Determina o gerenciamento adequado dos Resíduos Sólidos Hospitalares; Lei nº 6568/13: Determina que haja identificador de vagas em estacionamentos, diminuindo o tempo gasto com procura de vaga; Lei nº 6559/13: Cria a Política Estadual do Idoso, estabelecendo normas e diretrizes para melhorar a qualidade de vida dos idosos; Lei nº 6467 / 13: Cadastro unificado sobre presos, hospitalizados e albergados, objetivando minimizar a dor da busca por entes queridos; Lei nº 6397/13: Institui o Programa Mãe Fluminense, ajudando a evitar o abandono dos filhos pelas mães que necessitam de apoio; Lei nº 6236/12: Inclui a "Marcha para Jesus" no Calendário Oficial de datas comemorativas do Estado do Rio de Janeiro; Lei nº 5997/11: Anistia aos Bombeiros Militares que fizeram greve por melhores condições de trabalho e salário; Lei nº 4712/06: Institui e Normatiza o atendimento religioso nas plataformas de petróleo - “Off-shore”. Uma oportunidade para evangelização de cerca de 40 mil pessoas, o que anteriormente era proibido; Lei nº 4471/04: Determina que haja estudo sobre dependência de drogas nas escolas de ensino fundamental; Lei nº 4154/03: Autoriza que as esposas acompanhem os pastores para ministrar assistência religiosa em hospitais e casas de saúde.

Atuou decisivamente para instituir a comemoração oficial do Dia da Bíblia e conseguiu derrubar a emenda proposta que alterava a lei do ensino religioso nas escolas com o intuito de torná-lo não confessional, isto é, esse ensino seria filosófico e ecumênico podendo ser ministrado por professor de qualquer matéria.

Na área ambiental, foi idealizador do projeto de lei e relator da Comissão que cria o Código Ambiental do Estado do Rio de Janeiro (projeto de lei 3757/06), atualizando e consolidando, em 238 artigos, a legislação sobre o tema; e informando sobre a estrutura normativa ambiental, a legislação vigente e as unidades de conservação do estado.

Por sua atuação parlamentar exemplar e sendo ex-aluno da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), foi condecorado pela Força Aérea Brasileira com as Medalhas “Mérito Aeronáutico” e “Santos Dumont”. Recebeu na Universidade da Flórida, Miami, o Título de Reconhecimento e Aprovação pela apresentação do “Programa Integrado no Combate, Prevenção e Tratamento de Dependentes Químicos”. Também foi homenageado pela Câmara dos Vereadores do Rio com a Medalha Pedro Ernesto.

De tradicional família evangélica, Samuel Malafaia é graduado em Teologia pelo Instituto Bíblico Pentecostal, onde lecionou diversas matérias. É filho do saudoso pastor Gilberto Malafaia, que presidiu a Assembleia de Deus em Jacarepaguá (RJ) há mais de 50 anos, e da professora Albertina Malafaia, pedagoga e psicóloga atuante no universo evangélico.

Samuel Malafaia é casado com Elizabeth, filha do saudoso Pastor José Santos, que foi o presidente de uma das mais importantes igrejas evangélicas do Brasil – a Assembléia de Deus da Penha. Tem quatro filhos -Fábio, Fabíola, Lídia e Lívia – e três netos – Gabriela, Natan e Lucas.